Loading...

CLIQUE AQUI E SIGA ESSE BLOG

Em frente...

Em frente...
Eu sou Netto Rodriguez, sou músico, acadêmico de Jornalismo, Cristão Católico. E sou feliz!!!

domingo, 11 de julho de 2010

"Um passo para frente é outro abandonado"


Agora falando sério, deixando a filosofia e pensamentos um pouco de lado.
Então...
A vida nos oferece várias opções, umas nós procuramos outras caem no nosso colo. Porém nesses momentos é muito comum a frequente dúvida da escolha.
Escolhas podem ser definitivas, temporárias ou até mesmo frustradas. Digo isso pelo seguinte motivo, numa certa idade surgem imposições para seguir alguma coisa, kkkkkkkkk ai que o bicho pega, humm... não diria alguma coisa, seguir algo, um objetivo, profissão, carreira, algo pro resto da vida.
Contradições, opniões aparecem junto com as dúvidas. Surgem também "pessoas que te ajudarão", ajudarão a decidir bem ou se frustrar antecipadamente. É sempre válido escutar toda e qualquer opinião, mas é mais válido ainda analisar o que realmente ajudará.
Talvez você se pergunte porque estou dizendo isso, parece estranho né? Mas é comum com todo mundo. É comum quando se quer decidir sobre o amor, sobre sua carreira profissional, pessoal, quando você quer viajar, fazer uma coisa simples e principalmente quando se quer ser feliz.
Ao decidir pelo que fazer independente da decisão, antes de tudo o objetivo tem que ser o de ser "feliz". Não adianta nada fazer o que os amigos, ou pais querem sendo que você não é feliz. Situação normal é a escolha da profissão, ou qual faculdade fazer, logicamente se perguntar a maioria dos pais ou amigos, as respostas encontradas serão: Ah! faz medicina que da dinheiro...Ah! faça Engenharia porque você vai trabalhar sempre... Dificilmente você encontra alguém positivo que diz: Faça algo que te traga felicidade. Não seria mais fácil?
Sim seria muito mais fácil, mas CUIDADO pois quem colherá as consequências vitoriosas ou desastrosas será somente você, por isso mesmo volto a dizer apesar das opniões pesarem na decisão ela é somente sua.
Gosto muito de uma frase do cantor e compositor Pedro Morais que diz: " Um passo para frente é outro abandonado", é a pura verdade, ele foi muito inteligente e feliz ao escrever isso. Ser feliz depende somente de você, tudo que se constrói é imprescindível a interferência de outros, mas nunca é demais lembrar que da mesma forma que o passo firme é seu a queda também é.
Falando em queda se você acreditar na felicidade dos outros pra você e nas estradas da vida você cair e não for feliz não desanime não, volte atrás caminhando com passos mais concretos e seguros nos seus objetivos e sonhos.
Busque caminhar assegurado no que você pensa, preencha com quem quer te ajudar, e se atrapalharem demonstre força e seja firme.
Esse texto é meramente pessoal, vive isso e estou vivento, Graças a Deus hoje estou feliz com que fiz, e faço e espero ser no que farei.
ABraçosss!!!!!
Netto Rodriguez

segunda-feira, 5 de julho de 2010


Noções de Mineirês para "estrangeiros".

Apesar de ter fama de fala-mansa, o bom mineiro costumar "engolir" uma parte das palavras, principalmente as últimas sílabas. Por exemplo, veja a seguinte frase traduzida para o mineirês:

- Mineiro engole metade das palavras.
- Minerr engol metádaspalavra.


engol pronuncia-se como se se fosse falar goleiro, mas parando-se bruscamente antes de se pronunciar o "e".
- "Uai" é indispensável. Uai significa nada e tudo ao mesmo tempo. Tudo depende do contexto e da entonação.
"Mas comus mineir gosta de falá, uai é uai, uai...."
- Para se admirar ou aprovar alguma coisa solte um sonoro:
"Mai qui belêzz!"
- Para pedir uma confirmação pergunte:
"Émêss?"
Significa: É mesmo?
- Para pedir que alguém concorde com você, dispare um:
"Némêzz?"
Significa: Não é mesmo?
- Para reforçar qualquer expressão, use "Dimái da conta".
"Issé bão dimái da conta!"
- Em conversas informais, principalmente em bares, comece todas as frases por "Rapái". Com um pouco mais de entonação, pode servir para indicar uma exclamação: "Rapáááíiii !!!!".

- Use sempre "i" no lugar de "e". Exemplos:
meninominino
especialispecial
eu e elaeu i ela
vestidovistido

- Para chamar a atenção para você mesmo, diga:
"óiquió."
Significa: Olhe aqui.
- Para chamar a atenção para outra coisa, diga: "óiquió" e aponte o dedo para a coisa.

- Na falta de vocabulário específico para qualquer objeto, utilize a palavra "trem", que serve prá tudo, exceto prá definir transporte ferroviário.

- Embora se diga que mineirr chama trem de coisa, isso é só em piadas. Se você disser que vai sair prá pegar a coisa, certamente será mal interpretado. Trem é trem-de-ferro.

- "Onzz" não é número, é o meio de transporte coletivo rodoviário.
"Ói, lá vem o onzz da seis!"
- Se você não sabe onde está e nem prá onde vai, pergunte:
"Oncotô?"
Significa: Onde é que eu estou?
"Proncovô?"
Significa: Prá onde eu vou?
"Pron nóisvai?"
Significa: Prá onde nós vamos?
- Use sempre o sufixo diminutivo "in". Exemplo:
pequenopiquininin
lugarlugarzin
mineiromineirim
poucopôquím
coisa pequenatrenzim

- A exceção é a palavra coisa. Coisinha pode ser interpretada como boiola, em alguns lugares.

- Se estiver com fome, peça "cafezin cum pão dji queijj".

- Prá ajudar a fazer café, primeiro pergunte:
"Pópoupó"?.
Significa: Posso por o pó [de café]?

Se responderem "pópô", é afirmativo.
Se achar pouco, ou que o café ficou ralo, pergunte:

"Pópô mapoquim dipó"?
Significa: Posso por mais um pouco de pó?
- Se você for convidado prá "tomá um cafezin laimcáss" (Tomar um cafezinho lá em casa), mas não estiver certo se poderá ir, diga simplesmente:
"Confófô eu vô."
Significa: Se der, eu irei.
- Se algo o impedir de ir, explique:
"Eu tenquifazê uns negocim hojj."
- Se não souber de alguma coisa, seja enfático, duplicando a negação:
"Num sei não."
- Para avisar que você está indo para o banho, diga preguiçosamente:
"Máaabaaainnnn."
- Para ofender alguém, diga:
"Máabainn na soda!"
Significa: Vá tomar banho na soda! (não é refrigerante, é NaOH mêsss...)
- Para ofender mais severamente, diga:
"Cêbêsta sô!"
Significa: Você é uma besta!
- Se alguém lhe pedir ajuda "pá redá uns trem", prepare-se prá fazer força. "Redá" é o mesmo que "rastá", ou tirar alguma coisa do lugar. Exemplo:
"Júda redá ess trem quió."
- Ao terminar uma frase, conclua com a palavra "Sô"; ou "Sá" se estiver falando com uma mulher.

Fala de mineirim é assim mêsss. Máêtapovimbão, sô.

Porque brasileiro pensa que a vida é somente futebol?

Já pararam pra pensar nisso? um enorme número de brasileiros, isso com certeza incluindo-nos pensamos ou até vivemos como se a vida fosse somente festa.
Tudo bem, que é bom é divertido porém não é tudo, não é mesmo, é complemento.
Um forte exemplo disso estamos vivendo agora, a COPA DO MUNDO. Incrível como o país para, o comércio se mobiliza, a mídia, as ruas, as casas, ou seja a vida do brasileiro muda completamente. É tudo verde e amarelo.
É tudo tão bonitinho, maravilhoso até o momento em que acaba-se. Quando acaba no fim ou num momento inoportuno e inesperado tudo desaba. Brasil eliminado antes ou na final é questão de desespero, angústia e dor.
A mobilização é tamanha que esquece até de viver. Não é pra tanto brasil, acabou perdemos e daí? o mundo vai acabar? Não com certeza não.
Vamo agir como adultos sem esquecer a essência de torcedor brasileiro, sempre feliz e alegre. Sejamos mais comedidos ao torcer, vamos apoiar quando precisar apoiar e pensar duas vezes antes de criticar ou culpar pois essa mania só nós temos.
Viva o nosso futebol e o nosso povo.

Postagens populares